terça-feira, 12 de maio de 2009

Concurso Escola Alerta
Escola EB 2/3 Teixeira Lopes
Autores:
- Alunos do 9º3 -
“Mobilidade e Acessibilidade para TODOS”
Trabalho realizado em 2008 e 2009
- População com deficiências ou incapacidade -
Mobilidade e Acessibilidade a edifícios públicos -
Acesso a caixas multibanco
Acesso e segurança em transportes públicos –


EDIFÍCIOS PÚBLICOS
INVENTARIADOS
VILA NOVA DE GAIA
QUARTEIRÕES PRÓXIMOS DA ESCOLA E. B. 2/3 TEIXEIRA LOPES
Localização dos edifícios inventariados
Edifícios:
VG – Centro Comercial Vila Gaia
BV – Centro Comercial Bela Vista
PISC – Piscinas Municipais
TL – Museu Teixeira Lopes
CD – Centro Comercial Douro
CG – Câmara Municipal de Gaia
P387 – Prédio na Rua das Devesas
METODOLOGIA
1º - IDENTIFICAÇÃO DE EDIFÍCIOS COM INTERESSE PARA O INVENTÁRIO
2º - CONSTRUÇÃO DE UMA TABELA/INVENTÁRIO COM UM CONJUNTO DE INDICADORES A ANALISAR
3º - DEFINIÇÃO DOS INDICADORES:
Escadas rolantes:
Com degrau;
Sem degrau (rampa).
2. W.C. (próprias ou não).
3. Dístico de informação para pessoas incapacitadas:
Espaços exteriores:
Painéis em Braille;
Mensagens sonoras.
5. Elevadores:
Botões de chamada;
Sinais em relevo;
Mensagens sonoras.
6. Prédios:
Entradas com degrau ou rampa;
Corrimão.
4º - TRABALHO DE CAMPO – INVENTÁRIO E PREENCHIMENTO DA TABELA.
5º - ATRIBUIÇÃO DE VALORES (CLASSIFICAÇÃO) AOS INDICADORES OBSERVADOS.
ESCALA DE VALORES:
0. Sem condições para pessoas incapacitadas;
1. Com razoáveis condições para pessoas incapacitadas;
2. Com condições para pessoas incapacitadas;
6º - CÁLCULO DO VALOR TOTAL PARA CADA EDIFÍCIO.
7º IDENTIFICAÇÃO DOS EDIFÍCIOS MELHOR E PIOR ADAPTADOS A PESSOAS COM INCAPACIDADE.
METODOLOGIA
(cont.)
Indicadores de adequação de edifícios públicos a pessoas com incapacidades - Classificação

Indicadores
Espaço exterior
Elevadores
Prédios
Escada rolante
W.C.
Dístico de informação para pessoas c/incapacidade
Total
Local
-
Data
Painéis em Braille
Mensag.sonoras
Botões de
Chamada
Sinais em relevo
Mensag.
sonoras
Entrada: degrau ou rampa
Corrimão
Com degrau
Sem degrau (rampa)
Com casa de banho própria ou não
Bela vista
24/2/2008
Não
0
Não
0
Sim
2
Sim
2
Sim
1
Degrau pequeno
2
Não
0
Sim
1

Sim
2
Sim
2
11
Centro Douro
11/3/2008
Não
0
Não
0
Sim
1
Sim
1
Não
0
Degrau elevado
0
Só nas escadas interiores 1
Não
0
Não
0
Não
0
Não
0
3
Câmara de Gaia
11/3/2008
Não
0
Não
0
Não
0
Não
0
Não
0
Muitos degraus
0
Não
0
Não
0
Não
0
Não
0
Não
0
0
Museu T. Lopes
11/3/2008
Não
0
Não
0
Não
0
Não
0
Não
0
Degrau muito alto
0
Não
0
Não
0
Não
0
Não
0
Não
0
0
Vila Gaia
27/5/2008
Não
0
Não
0
Não
0
Não
0
Não
0
Rampa
2
Sim
2
Não
0
Não
0
Não
0
Não
0
4
Casa 387
27/5/2008
Não
0
Não
0



Degrau elevado
0
Não
0
Não
0
Não
0


0
Piscina Municipal Gaia
Não
0
Não
0



Degrau pouco elevado
2
Não
0
Não
0
Não
0
Sim
2
Sim
2
6

Localização dos edifícios inventariados e sua classificação
Edifícios:
VG – CentroComercial Vila Gaia
BV – Centro Comercial Bela Vista
PISC – Piscinas Municipais
TL – Museu Teixeira Lopes
CD – Centro Comercial Douro
CG – Câmara Municipal de Gaia
P387 – Prédio na Rua das Devesas
Edifícios inventariados
O Centro Comercial Bela Vista devia ter elevadores com mensagens sonoras; o W.C. não tem condições para acesso de pessoas com incapacidade física.
Centro D'Ouro (rua Conselheiro Veloso da Cruz)
Situações a melhorar: elevadores com sinais de chamada em relevo e mensagens sonoras; colocar rampa no espaço exterior e retirar o degrau da entrada principal; W.C. com melhores condições de acesso e segurança; colocar dísticos nos corredores com informação
Câmara Municipal de Gaia (rua Conselheiro Veloso da Cruz) – edifício com fracas condições para receber pessoas com deficiência ou incapacidade.
Situações a melhorar: elevadores com mensagens sonoras e sinais em relevo; rampa na entrada; W.C com condições para pessoas incapacitadas; dísticos de informação para pessoas incapacitadas.
Museu Teixeira Lopes (rua Teixeira Lopes) ) – edifício com fracas condições para receber pessoas com deficiência ou incapacidade.
Situações a melhorar: rampa na entrada; W.C. com condições para pessoas incapacitadas.
Centro Comercial Vila Gaia (rua José Mariani)
Situações a melhorar: elevadores com mensagens sonoras; W.C. com condições para pessoas incapacitadas.
Piscinas Municipais Gaia
Situações a melhorar: rampa na entrada
Casa nº 387 (rua das Devesas)
Situações a melhorar: rampa na entrada; rampa no átrio ao lado das escadas para haver acesso aos elevadores.
Pontos Fortes
Pontos Fracos
EDIFÍCIOS PÚBLICOS
INVENTARIADOS
Edifícios mais recentes apresentam melhores condições de acesso e mobilidade – rampas nas entradas, espaços de circulação mais amplos e casas de banho próprias para pessoas com incapacidade motora.
Maior parte dos edifícios públicos sem adaptações a pessoas com incapacidade visual (mensagens sonoras e sinais tácteis em relevo);
Frequentes barreiras arquitectónicas na entrada a grande nº de edifícios públicos (Câmara Municipal e Museu Teixeira Lopes);
Casas de banho sem espaço e “mobiliário” adequado a pessoas com incapacidade motora.
CAIXAS MULTIBANCO
INVENTARIADAS
VILA NOVA DE GAIA
QUARTEIRÕES PRÓXIMOS DA ESCOLA E. B. 2/3 TEIXEIRA LOPES
Caixas Multibanco na
área próxima à Escola E.B. 2/3 Teixeira Lopes
Caixas Multibanco na
área próxima à Escola E.B. 2/3 Teixeira Lopes
Caixas multibanco inventariadas
0 – Ausência de adequação
1 – Razoável adequação
2 – Boa adequação
Data
Local
Empresa
Suporte para carteira
Câmara de vigilância
Multibanco
Porta de acesso c/ ou s/ degrau
Altura da caixa
Teclado em Braille
Total
Interior
Exterior
08-10-08
R. António Correia Carvalho
Caixa agrícola
Sim
2
Sim
2


X
0


1,07 Metros
0
Sim
2
6
08-10-08
R. Sá da Bandeira
Montepio
Sim
2
Sim
2
X
2


Porta pesada c/ degrau de 5 cm
0
1,08 Metros
0
Sim
2
8
08-10-08
R. Sá da Bandeira
Montepio
Não
0
Sim
2


X
0


1,01 Metros
2
Sim
2
6
08-10-08
R. Sá da Bandeira
B.P.I
Não
0
Não
0


X
0


1,10 Metros
0
Sim
2
2
08-10-08
R. Sá da Bandeira
Finibanco
Não
0
Não
0


X
0


1 Metro
2
Sim
2
4
08-10-08
Jardim Soares dos Reis
Santander Totta
Não
0
Sim
2


X
0


1,05 Metros
1
Sim
2
5
08-10-08
Jardim Soares dos Reis
Milénio
Sim
2
Sim
2
X
2


Porta automática s/ degrau

1,10 Metros
0
Sim
2
8
08-10-08
Hotel Mélia
BES
Sim
2
Sim
2
X
2


Degrau de 3 cm
0
0,97 Cm
2
Sim
2
10
08-10-08
R. das Devesas
Correios
Não
0
Não
0


X
0


1 Metro
2
Sim
2
4
08-10-08
R. Francisco Sá Carneiro
BPN
Não
2
Não há informação



X
0


0,95 Cm
2
Sim
2
6
Pontos Fortes
Pontos Fracos
CAIXAS MULTIBANCO
INVENTARIADAS
Maior parte das caixas multibanco tem câmara de vigilância;
Maior parte tem teclados com os números em braille.

Algumas caixas multibanco apresentam barreiras ao acesso a pessoas com incapacidade motora e que se deslocam em cadeira de rodas:
- Altura da base do teclado muito elevada
- Acesso por degrau no caso das caixas dentro de edifício
TRANSPORTES PÚBLICOS
INVENTARIADOS
VILA NOVA DE GAIA
E OUTROS CONCELHOS CONFINANTES
Empresas de transporte público em que alguns autocarros foram objecto de inventário:
- STCP (Sociedade de Transportes Colectivos do Porto),
- VALPI,
- E.S. (Autocarros Espírito Santo)
- E.T.G. (Empresa de Transportes de Gondomar).

Porta traseira de autocarro dos STCP sem rampa de apoio para descida.
Exemplos de alguns aspectos analisados:
Porta traseira de autocarro dos STCP com rampa de descida.
Autocarro dos STCP com cinto de segurança para pessoas com incapacidade física e que se movem em cadeira de rodas
Autocarro dos STCP com espaço reservado a pessoa com incapacidade física.
Porta traseira de autocarro da empresa E.T.G. com degraus
Objectivo do trabalho
Avaliar o grau de adaptação/adequação dos autocarros a pessoas com incapacidade:
Identificação de indicadores a observar.
Observação e registo em tabela.
Avaliação global.
Síntese dos pontos fortes e fracos.
Indicadores utilizados:
• Espaço reservado a pessoas com incapacidade;
• Barras com cinto de segurança;
• Informação digital do local da paragem;
• Espaços vazios para pessoa com incapacidade;
• Degrau de entrada do autocarro ao mesmo nível do passeio;
• Entrada – Com/Sem degraus vários;
• Cinto de segurança para pessoa com incapacidade;
• Voz de assistente;
• Câmaras de vigilância ligadas;
• Altura do botão de toque de paragem;
Da avaliação realizada, caso a caso, estabelecemos uma classificação final de acordo com as seguintes três classes:
Nível 0 – autocarro sem adaptação
Nível 1 – autocarro com algum nível de adaptação mas não total
Nível 2 – autocarro com boa adaptação.
Carreira
Nº autocarro
Classif.
0
Classif.
1
Classif.
2

Carreira
Nº autocarro
Classif.
0
Classif.
1
Classif.
2
STCP/206
1118


X

STCP/801
-

X

STCP/804
1610
X



STCP/800
-


X
STCP/806
1768
X



STCP/905
-


X
STCP/801
1741

X


STCP/800
2161


X
STCP/801
1746

X


STCP/801
1773

X

STCP/801
1732

X


STCP/401
1591

X

STCP/900
1580
X



STCP/800
2131


X
STCP/904
1700
X



STCP/800
1753


X
STCP/800
2122


X

STCP/401
1707

X

STCP/205
1127


X

STCP/800
2148


X
STCP/800
2121

X


STCP/401
1626

X

STCP/206
2166


X

STCP/905
2123


X
STCP/205
1127


X

STCP/800
3103

X

STCP/801
2107


X

STCP/800
1748


X
STCP/801
-


X

STCP/905
-

X

STCP/903
2119

X


STCP/904
-

X

STCP/800
2114

X


STCP/904
2169

X

STCP/803
3168


X

STCP/903
-

X

STCP/801
1747

X


STCP/901
-

X

STCP/905
2132

X


STCP/904
-

X

STCP/904 2152X
STCP/901 1772X
utocarros STCP - classificação
Carreira
Nº autocarro
Classif.
0
Classif.
1
Classif.
2
E.S./33 190X
E.S./25 239X
E.S./44 243X
E.S./44 192X
E.S./15 169X
E.S./44 -X
E.S./15 -X
Carreira
Nº autocarro
Classif.
0
Classif.
1
Classif.
2
ETG/55
-
X


ETG/55
345
X


ETG/69
294
X

ETG/55 307X



Carreira
Nº autocarro
Classif. 0 Classif. 1 Classif. 2
Valpi/94 224X
Valpi/94 -X
Valpi/94 246X
Valpi/94 -X
Valpi/94 2711X
Valpi/70 294X
Valpi/94 251X
Valpi/94, 299 X
Valpi/94 , 227X



Autocarros das empresas privadas E.S. (Espírito Santo), E.T.G. (Empresa Transportes Gondomar) e VALPI - classificação
Total de autocarros analisados e classificados – 62
Classificação:
Nível 0 – 22 autocarros
Nível 1 – 24 autocarros
Nível 2 – 16 autocarros
Pontos Fortes
Pontos Fracos


TRANSPORTES PÚBLICOS
INVENTARIADOS
Autocarros das empresas privadas apresentam muitas barreiras ao acesso de pessoas com incapacidade motora:
- Porta de entrada com degraus
- Espaços da entrada e de circulação no interior muito estreitos
- Altura muito elevada do botão de toque de paragem
- Ausência de informação sonora
Os autocarros mais recentes das empresas públicas apresentam-se mais amigos do cidadão com incapacidade: espaços de circulação amplos, áreas e assentos reservados, mensagens sonoras, altura adequada dos botões de toque de paragem.

2 comentários:

Joao Couto Lopes disse...

Exma. Professora e Alunos da escola EB 2/3 Teixeira Lopes, de Gaia.

Os alunos e a Srª Professora surpreenderam-me pela positiva na visita de estudo.

a Srª Professora no colóquio da APD no Auditório da Câmara Municipal de Gaia, surpreenderam todos com o vosso trabalho sobre barreiras arquitectónicas, V. Exas. Primaram pelo excelente trabalho, os meus sinceros parabéns, cabe a nós deficientes e a vós alunos e professores alertarmos as consciências de quem pode e deve eliminar todas as barreiras arquitectónicas ( os Autarcas das nossas Cidades e vilas).

O meu muito obrigado em nome de todos os que sentem no dia a dia as barreiras arquitectónicas, também o meu obrigado por me terem enviado o vosso excelente trabalho.
Pena tenho de não conseguir colocar na totalidade (imagens) o vosso trabalho no meu blogue.
João Couto Lopes

Joao Couto Lopes disse...

por nao ser possivel a colocaçao das fotos, a quem as solicitar enviarem por word.

João Couto Lopes